Mitos da Musculação para Você Esquecer

Muitos Mitos da Musculação surgem todos os dias na internet. Pessoas que não tem comprometimento com o esporte ou são leigos assumem voz ativa e distorcem informações. Confira agora 3 mitos da Musculação.

1. Se eu treinar insanamente vou ter mais músculos

Overtraining
O que a internet conta e você acredita mesmo sendo mentira

Um dos maiores erros é achar que o excesso de treino faz os músculos desenvolverem mais. Para piorar, é um dos mais perigosos. Passar dos limites e não deixar o músculo se recuperar não trás crescimento e você corre o risco de perder força. Os músculos tem um limite para que você extrai ao melhor. Ao abusar deste limite, você coloca sua saúde em risco.

2. Quanto mais tempo de treino, melhor: um dos Mitos da Musculação

Outra informação difundida sem base é a de que um bom treino deve durar mais tempo, mas não passa de um dos Mitos da Musculação. Não é necessário milhares de repetições, claro que cada treino é diferente, mas a questão é como fatigar o músculo de um jeito certo. É possível fatigar o músculo com apenas uma série, jogando por terra um dos Mitos da Musculação.

 

3. Musculação não pode ser feita por menores de 16 anos

O limite de idade é mais um mito da Musculação. Com o acompanhamento devido, inclusive dos pais, a musculação para adolescentes ajuda a fortalecer os músculos e até mesmo a auto estima. Aumenta a resistência e também ajuda no sedentarismo que tantos jovens enfrentam hoje. Assim como para os adultos, o excesso não é interessante. Os exercícios aeróbicos não devem ser ignorados, mas intercalados com a musculação.

 

4. Suplementação substitui a alimentação

Uma das grandes dúvidas é sobre a alimentação e a suplementação. Todo processo nutricional deve primeiramente ser aprovado e acompanhado por um profissional. A suplementação é apenas um complemento para sua dieta. Não se substitui uma boa refeição por Whey, pelo contrário, se a refeição for boa, os nutrientes para o crescimento muscular estarão lá. Não quer dizer que não deva se suplementar, a questão é simplesmente o equilíbrio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *